O que vai bombar no marketing digital em 2019? Veja 7 tendências

Dinâmico e em constante evolução, o marketing digital já tem previsões para 2019. Pesquisas já apontaram quais serão as novidades e transformações na área. Para os profissionais fica o desafio: acompanhar as tendências e ganhar mais espaço e reconhecimento no mercado

Para ajudar, listamos 7 tendências que vão resultar em estratégias de sucesso no próximo ano. Vamos conhecê-las?

O que dizem as pesquisas?

Estratégias com chatbots, transmissões ao vivo, suporte de influenciadores digitais e crescimento do Instagram são algumas das previsões apontadas por pesquisas importantes. Veja abaixo.

1. Chatbots

Presente em páginas como o Facebook e em sites de empresa, chatbot é um programa de computador que simula uma conversa humana em um chat. Inteligente, é capaz de fazer orçamentos, vender produtos e serviços, manter contato com clientes, além de facilitar em serviços de atendimento geral. A previsão é de que essa tecnologia cresça com taxa anual de 24,3% ao ano, de acordo com dados de pesquisa da Grand View Research, que estima, também, um mercado global de US$ 1,25 bilhão até 2025..

2. Transmissão ao vivo (lives)

As lives, transmissões em vídeos, também ganharam mais força em 2019. O recurso já está em voga no Facebook, Instagram e Youtube. Segundo levantamento da Livestream, em parceria com a New York Magazine, o recurso já deu um ROI (return on investment) positivo para 73% dos negócios B2B (business to business) que utilizaram lives. O estudo também revelou u aumento de interesse por produtos e serviços, de acordo com 97% das empresas que aderiram às transmissões.

3. Marketing de influência

O marketing de influência teve um boom 2017. Dados de pesquisa realizada pela Lingia apontaram que 86% dos profissionais de marketing utilizaram o formato em estratégias. Entre os entrevistados, 92% declaram que acreditam no suporte de influenciadores em ações. Para 2019, a previsão é de que parcerias com influenciadores digitais, ou digital influencers, ganhe mais força na divulgação de serviços e produtos em 2019. Além disso, micro influenciadores – o que têm menos seguidores – também ganharão espaço ao lado de marcas, com relevância em um nicho de mercado específico.

4. Crescimento do Instagram

O Instagram ganhará mais força em 2019, principalmente entre jovens, como mostrou o último relatório da Ofcon. Também é esperado o crescimento de anúncios na plataforma. Conforme números da Merkle, com base em informações de clientes, os gastos com anúncios do Facebook cresceram 40% em 2018, enquanto no Instagram o aumento foi 177%.

No entanto, o Facebook Marketing, com o Facebook Ads, continuará com o domínio nas redes sociais. A expectativa é de anúncios mais sofisticados e segmentados.

O que dizem os especialistas?

Especialistas de marketing digital também já lançaram as previsões para 2019. No RD Summit, evento que reuniu palestrantes em novembro, nomes consagrados da área de negócios falaram sobre o que vai ser tendência.

5. Comportamento humano

Para Marcos Piangers, palestrante sobre tecnologia e inovação, profissionais de marketing digital devem voltar a atenção para o comportamento humano em estratégias e ações. Piangers chamou atenção para o relacionamento que temos com as máquinas e advertiu: “o problema é que a gente, nesse deslumbre com a tecnologia, esquece de investir um pouquinho — não precisa ser muito — na nossa própria humanidade, na nossa capacidade de sentir.”

6. Produção de conteúdo

Rafael Rez, fundador da Nova Escola de Marketing, fez previsões para o futuro do conteúdo, que deve buscar conhecimentos em outros campos, como a educação. “Quando você usa isso no conteúdo, entende onde a pessoa está e aonde ela quer chegar, isso cria uma projeção e essa projeção gera uma emoção muito forte. E é essa emoção que cria o gancho para você depois vender a sua solução ou o seu produto.”

Para Vitor Peçanha, da Rock Content, o caminho é contar histórias melhores, usando a psicologia, para alcançar resultados positivos nas vendas. “A gente tem um problema que se chama falácia de conjunção. Se você conta uma boa história, as pessoas tendem a acreditar que algo muito pouco provável tem mais chance de acontecer que algo provável, mas que não está inserido numa história bem contada.”

7. Produção de vídeos

Não é de hoje que pesquisas e profissionais apontam para a importância e engajamento gerados pelas produções em vídeo. Camilo Coutinho, que é referência nesse tipo de mídia, diz que o formato continuará crescendo em 2019 e ressaltou que “as tendências que a gente vê: conteúdo vertical vem muito forte; otimização já não é mais “se eu vou fazer”, é “por que eu não estou fazendo”; pensar muito mais nas pessoas do que no algoritmo e pensar no conteúdo que você cria.”

Gostou do nosso artigo? Compartilhe as tendências de marketing digital para 2019 nas suas redes sociais!

*Com informações do site Resultados Digitais.