Post no Facebook: saiba como criar uma publicação matadora

A gente sabe que não é fácil fazer marketing nas redes sociais. Sabemos também que a cada criação de post, sempre vêm as perguntas: qual é o formato da publicação perfeita? Será que a minha postagem está legal? Vai engajar?

Aí tentamos usar todos os recursos a nosso favor: emojis, gifs, textos, horário ideal e outros. E esses detalhes podem fazer diferença, sim, nas estratégias.

A Quintly fez um estudo que analisou 10 milhões de posts e chegou a direcionamentos interessantes para o dia a dia na rede social do Mark Zuckerberg. Vamos descobrir juntos qual seria o modelo de publicação matadora no Facebook?

Post matador no Facebook

Em 2016, o Facebook se viu envolvido na polêmica de vazamento de dados de mais de 50 milhões de usuários e o uso dessas informações na campanha presidencial de Donald Trump. Especialistas até acreditam que a rede social está a caminho do fim. No entanto, a plataforma ainda é a mais usada no mundo – cerca de 2 bilhões de usuários ativos por dia –, e as empresas ainda a enxergam como necessária para marcar presença no ambiente digital.

Além disso, a gente se depara com o algoritmo, que não é muito fácil de entender e que não facilita para perfis comerciais. Por isso a necessidade de entender como fazer posts que performem bem na rede. Para isso, vamos mostrar quatro análises para um post matador, de acordo com o estudo da Quintly.

1-Tipo de post

Embora seja o formato menos valorizado pelo Facebook, o gráfico da pesquisa mostra que links externos lideram os tipos de postagens (54,39%). Em seguida, fotos/imagens (29,85%) e, depois, vídeos (13,32%). Ao contrário dos links, os vídeos geralmente são mais priorizados pelo algoritmo, engajam melhor, porém aparecem com uma taxa menor. Isso tem uma explicação: é mais fácil compartilhar um link do que produzir um vídeo.

Os números também dão outro indicativo: de que empresas ainda não investem tanto em conteúdo de vídeo, mas poderiam dar mais atenção, visto que, ainda conforme a análise, é o formato que mais gera interação.

 

 

2 – Data de publicação

Mais uma dúvida comum para a maioria de nós: qual o melhor dia para postagem? As suas personas podem te dar essa resposta. Além disso, a pesquisa da Quintly fala em números gerais. Vale analisar o que é válido para a sua marca e estratégia. O site Marketing de Conteúdo fez um post sobre os horários mais indicados para alguns segmentos empresariais. Confira após a leitura do nosso artigo!

Postar em dias da semana traz resultados mais significativos, como a maioria das marcas acreditam? O estudo revelou que não. Publicações feitas aos finais de semana mostraram resultados mais interessantes. Se a gente pensa que os usuários do Facebook ficam desconectados nesse período, eis mais um engano, pois quem fica mais offline depois dos dispositivos móveis? Entenderam o sucesso dos posts aos finais de semana?

Mas vale esclarecer um detalhe aqui: cuidado com o tipo de post que você vai programar para um sábado à noite! Pegue leve, opte por conteúdo mais interativo, divertido, que gere mais interação entre os usuários!

3 – Texto da postagem

Não importa o formato de publicação, o texto tem que marcar presença, pois é importante para influenciar os usuários a interagirem com o seu conteúdo. Mas qual seria o tamanho ideal do texto?

Geralmente, as postagens são feitas em até 150 caracteres. Porém, como mostra o gráfico da pesquisa, posts de até 50 caracteres performam melhor.

Aí está o desafio: produzir um texto com 50 caracteres, porém eficiente para “enfeitiçar” o leitor e obter bons resultados de engajamento e interação. Uma dica infalível: invista em perguntas, elas sempre incentivam a participação dos usuários.

4 – Hashtags e emojis

Já sabemos que hashtags não têm espaço e não acrescentam em publicações do Facebook. Mas os emojis… Ah, os emojis! Eles ajudam – e muito! – as postagens, deixando-as mais descontraídas, além de chamar atenção, principalmente do público mais jovem.

Portanto, vamos anotar essa dica que é essencial para um post perfeito no Facebook: use emojis! Só não vale exagerar. Dois, no máximo, estão de bom tamanho! Post sem emoji? Jamais!

Agora, queremos saber: como você cria os seus posts para o Facebook? Compartilhe suas construções com a gente!